As 10 melhores coisas de estar grávida


As melhores coisas sobre estar grávida (tirando aquele item super básico que é o de estar gerando uma vida dentro de você e tal - *ironia*):


  •  não menstruar - pois é minha gente, com certeza a melhor coisa da gravidez é não menstruar. E digo mais, isso se estende até um tempo depois do parto! Adeus cólicas, adeus vazamentos, adeus absorventes (não sentirei falta de vocês). Me senti a própria Elsa do filme Frozen quando descobri por conta própria. Livre estooooou, livre estoooou!


  • o cabelo cresce rápido - se você cortou o cabelo recentemente, vai ver o quão rápido ele vai crescer. Há casos (como o meu) em que o efeito é contrário, o ritmo do crescimento inverte e demora para crescer os pelos e cabelo. Mas também era ótimo! Pensa em só depilar a perna (que geralmente cresce em 15 a 20 dias, em média) de dois em dois meses, e olhe lá. Uma belezinha!

  • pele macia e cabelo com brilho - Além de ter seu cabelo crescendo mais rápido, ter aquela pele de pêssego e aquele cabelo invejoso da Gisele Bundchen na propaganda da Pantene é possível siiiim! Basta ficar grávida, "só isso"

  • fila e/ou assento preferencial - Você pode até querer exercitar a sua alma de Gandhi, mas se você chega em uma fila (mesmo que pegue a normal e vá para o fim dela), o atendente vai parar tudo e te chamar para que seja atendida primeiro. Ou até mesmo alguma pessoa que está na fila, e geralmente é quem está atrás de você (porque vai existir até casos em que quem está na frente vai fingir que não te viu) que vai falar "vai lááá, menina, não seja boba, você tá grávida, aproveiiita"


  • poder comer o mundo e colocar a culpa na gravidez - passar fome na gestação? Você VIVE com fome. Nessa fase nem a Nossa senhora da bicicletinha vai conseguir te dar equilíbrio. E sempre virá alguém falando "não adianta falar que está comendo por dois". Aproveita e dá uma resposta do item que verá a seguir:


  • poder dar respostas mal criadas e descontar nos hormônios - principalmente praquelas zinhas que vem te falar "você não pode isso", "você deve fazer aquilo". Vai lá minha filha, carrega a barrinha do malcriadômetro e solta tudo o que está preso. Responde mesmo! Até porque dizem que guardar para si faz mal né u.u 

          depois faz uma carinha de espanto e diz um 'envergonhado e sincero' (haha) "me desculpa,                   devem ser os hormônios da gravidez"


  • poder abusar dos desejos - sempre tem alguém que pergunta "tá com vontade de comer o que?". Dica: se você gosta de alguma comida específica que essa pessoa faça, fala pra ela! É batata que ela fará (só se ela for muito ruim de espírito pra deixar uma grávida com vontade, vai saber)

  • os peitos ficam enormes - Nossa senhora do peitinho siliconado!!! Não há implante que supere um bom par de peitcholas pré-maternidade. 

  • ter uma mesa onde quer que você vá - sim, e se chama BARRIGA! Quando se está do meio para o fim da gestação, você consegue apoiar as coisas naquela coisa enorme que fica sempre à sua frente. Comer sem apoio, nunca mais! - ou por enquanto não mais.

  • centro das atenções / paparicada por todos - você pode abusar desse item. Se você não gosta daquele perfume do seu irmão, use a desculpa do "esse perfume me dá enjôo". Se você não gosta de fígado, pode usar a desculpa do "só de pensar nessa comida embrulha meu estômago". 


       Esse último é top secret hein? Fica entre nós: Se alguém te pediu para fazer algo que não quer,            pode usar a desculpa do "ai, me deu uma tontura aqui..."








E aí, lembram de mais algum item dessa lista? 




Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...