Birra: o que fazer com ela?


Que mãe nunca passou por tal situação, seja em um lugar público ou até mesmo dentro de casa? Essas crises de teimosia, nervosismo e violência chegam como um tsunami; e do mesmo jeito que chegou devastando tudo, vai embora num piscar de olhos. Cabe a você, mamãe, decidir se a destruição deixada pelo fenômeno será em grande escala ou não.








Por que fazem birra?

As crianças ainda não sabem lidar com os sentimentos, e nem como exteriorizar a frustração. A birra é a melhor e única forma que eles encontram para expressar o descontentamento.








Como lidar?

-       -   Não perca o controle. Lembre-se sempre quem é a criança da relação;

-       -   Não ceda às chantagens;

-       -   Não se preocupe com os outros, eles não educarão seus filhos por você;

-       -   Dê o exemplo, espernear junto não resolverá o problema (lembre-se novamente quem é a criança da relação, isso é extremamente importante) 





-       -   Na hora do nervoso, não adianta tentar conversar. Eles não te darão atenção, e você ficará mais irritada ainda;

-       -   Após o ocorrido, converse com a criança e explique o que aconteceu. Ajude-a a expressar e entender a frustração pela qual passou, ensinando a colocar os sentimentos em palavras, sempre com muita compreensão: “Você ficou bravo porque a comida não é do jeito que você queria. Agora que você não está mais gritando, eu consigo te ouvir e entender o que você quer”, assim, ensinará que se ele disser ao invés de gritar, você entenderia;

-       -   Crianças muito novas não entendem o “não”, mas também não é por isso que você vai deixar de ensinar e repreender. Segundo a psicóloga e autora do livro “Superdicas para Educar bem seu Filho”, Dora Lorch: “enquanto as crianças não sabem lidar com o ‘não’, só os pais podem tomar uma atitude capaz de melhorar a situação”. Então ao dizer que não, distraia a criança. Se ela não pode mexer no vaso de plantas, diga que não pode e a leve para outro local ouaté mesmo mostre outra coisa para tirar sua atenção do objeto proibido;

-       -   Se previna! Sono e fome são duas situações propícias aos ataques de birra. Procure manter uma rotina, assim, será mais fácil controlar os horários e evitar esse tipo de ocorrência.



E aí, mamães? Qual foi o episódio mais marcante que já ocorreu?





Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Dayana Almeida disse...

Oiiee minha japa !! Tinha feito o comentário porém acho que não foi hahahaha😂 por orientação de uma amiga psicóloga ela me orientou abaixar e olhar no olho da criança e dizer "quando você se acalmar conversamos" e sair de perto o sem platéia não ah show e tem funcionado bem aqui em casa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...