Como realmente é a primeira ida a escolinha...


Confesso, é infinitamente mais difícil do que imaginava. Antes tinha o pensamento de que "ah, se precisa tem que ir pra escolinha mesmo, não tem jeito". Não achava que seria fácil, mas também não imaginava que seria tão difícil.


Hoje a Manu foi passar algumas poucas horas na escolinha para a adaptação, e como eu estava de home office (trabalhando em casa) poderia ir buscá-la caso precisasse. Acontece que, desde o caminho de casa até a escolinha, comecei a chorar no carro (minha mãe que dirigia). Comecei a tirar fotos, e quando ela me viu chorando, logo se virou para me olhar e secar minhas lágrimas. Ao invés de melhorar, comecei a chorar mais ainda! Deus me presenteou com uma princesa amorosa que será minha companheira para o resto da vida.

Sentimentos de abandono iam crescendo dentro de mim. Me senti a pior mãe do mundo por deixá-la lá, me senti virando as costas para minha filha. Que sensação horrível!!!

O que me acalmou (depois, pois na hora chorei mais ainda), foi quando a professora a pegou no colo e foi levar para a sala. Ela nem olhou pra trás!!! Tá bom, dessa vez confesso que chorei muito mais por orgulho ferido do que qualquer outra coisa...

Enfim, fui na secretaria acertar a matrícula. Antes de ir embora, a coordenadora me permitiu dar uma olhadinha e o que vi fez meu coração se encher de alegria: ela sentadinha, brincando com uma bexiga, a professora cantando musiquinhas e os amiguinhos em volta. E pasmem, ela nem aí para mim!!!

Deixar minha bebê em uma escola que eu mesma me senti acolhida contou muito. Quando fui visitar, me senti no maternal de novo, na escola que eu tanto amava! Foi o que me fez optar por essa.

Ela ficou das 14 as 17, não chorou, não estranhou e quando fui buscá-la, estava dormindo!!!

Vamos ver amanhã, que já ficará por 6 horas. Vou compartilhando com vocês a nossa saga!

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Paty Gocalita disse...

Ahhhhh essa sensação deve ser universal entre as mamães.
Eu me vi aqui no seu post ;)
A primeira vez que fui deixar a Alice na escola, voltei chorando muito.
Aquela sensação de : " minha filha vai ficar com um monte de pessoas que ela nem conhece ??"
Hoje tá tudo tranquilo..
mas é exatamente assim que me senti também !

Nanda Gonçalves disse...

Vida de mãe é difícil
passei por isso com minha primeira filha
e to pensando em passar com a segunda
por que o sentimento de culpa
nos consome mesmo
mais é preciso.

Linda Noite!
beijokas da Nanda

Mamãe de Duas

Fofoca de Mãe disse...

manu já tirou de letra!
vai ser bom pra vocês, vão se unir ainda mais!
amo as duas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...